segunda-feira, 18 de julho de 2016

GERAÇÃO DE EMPREGO E RENDA ATRAVÉS DA ECONOMIA POPULAR SOLIDÁRIA!

Nosso mandato de vereador apresentou proposta para fomentar e criar espaço permanente, preferencialmente nas praças públicas, local para realização comércio de ECONOMIA POPULAR SOLIDÁRIA, especificamente para comércio de ARTESANATO e produtos preparados da AGRICULTURA FAMILIAR, como doces em compotas, biscoitos, etc.
Com a feira, os ubaenses e região poderão contar com as atividades promovidas da Economia Popular Solidária, com a disponibilização ao consumidor de produtos de qualidade e bom preço.



JUSTIFICATIVA

Economia Solidária é uma forma diferenciada de organização de atividades econômicas. Caracteriza-se pela autogestão, uma forma de administração na qual prevalece a autonomia de cada empreendimento e a igualdade entre os membros participantes.
Com a missão de promover o desenvolvimento social, político e econômico dos empreendimentos da Agricultura Familiar e Economia Solidária, cabe ao poder público proporcionar espaços de construção, implementação e acesso às políticas públicas no âmbito municipal, territorial, estadual e nacional.
É importante destacar a iniciativa, pois a economia popular solidária é uma alternativa de trabalho decente, principalmente em um momento de retração econômica, sendo uma das formas mais baratas de gerar renda, além de promover a inclusão social e a formação de cidadão.

O modelo de feira permanente, poderia prever espaços para oficinas e palestras e para manifestações artísticas, além da venda dos produtos dos empreendedores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Veja a notícia completa no blog e coloque sua opinião, crítica, sugestão, elogios, etc... ou seja, a palavra é sua cidadão... e desde já agradeço sua participação, obrigado! prof. Samuel Gazolla Lima